Início Colunas CONHEÇA O AUTISMO: existe cura para o autismo?

CONHEÇA O AUTISMO: existe cura para o autismo?

123
0

Por Marco Antônio Moreira, estudante de jornalismo, aspie

Há anos uma cura para o autismo é pauta de discussão na medicina. Uma maneira diferente de ser e para alguns uma deficiência, o autismo sempre foi um enigma. Até hoje não se sabe como nem onde surgiu, e isso gerou diversas teorias e movimentos que dividem tanto a psiquiatria e a neurologia como pais e mães.

Para muitos, ter um parente especial é um grande desafio. Lidar com o desconhecido causa grande estranhamento para quem não é familiar não só com o autismo, como também a dislexia e a síndrome de down por exemplo. Pais e mães acabam ficando preocupados com os desafios que seus filhos terão de enfrentar no mundo. Com o tratamento neuropsiquiátrico adequado, as crianças especiais se adaptarão ao mundo conforme o crescimento.

Porém, há pais e mães que se culpam por não terem gerado filhos “normais” e não sabem como educá-los da melhor maneira. Estes pais às vezes se apoiam a teorias e movimentos polêmicos e severamente criticados (como os “anti-vacina”), além de buscar tratamentos alternativos sem eficácia comprovada e que tendem a afetar ainda mais o psicológico de seus filhos especiais.

Não há cura para o autismo! Assim como não há cura para síndrome de down, para a depressão e nem para a homossexualidade. Não tem como curar o que a pessoa é! Não há nada de errado em ser diferente. O autismo não é deficiência! Autistas são capazes de fazer varias coisas e com as suas diferentes maneiras. Conseguem inclusive transformar o mundo em um lugar melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui