Início Jornalismo Notícias CPI que investiga possíveis irregularidades da Gestão Marchezan terá relatório final votado...

CPI que investiga possíveis irregularidades da Gestão Marchezan terá relatório final votado na semana que vem

99
0
Foto: Ederson Nunes/CMPA

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Câmara Municipal de Porto Alegre para tratar de questões ligadas ao Banco de Talentos da prefeitura, do aluguel do prédio onde está situada a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) e as relações do prefeito Nelson Marchezan Jr. com Michel Costa, então diretor da Procempa no início deste mandato, esteve reunida na manhã desta segunda-feira (24/8) em sessão virtual presidida pelo vereador Roberto Robaina (PSOL).
 
Durante o encontro, os parlamentares que compõem a comissão votaram pela continuidade dos trabalhos, que estavam interrompidos em função da pandemia do Coronavírus-19, e determinaram que a mesma terá até o dia 31 de agosto, segunda-feira da próxima semana, para a conclusão de suas atividades. Também foi aprovada a revogação das oitivas pendentes em função do prazo e por ser considerado que a sequência da CPI deverá ocorrer apenas por reuniões remotas.

A reunião foi marcada por tentativas de obstrução pelos dois vereadores governistas que integram a CPI: Ramiro Rosário (PSDB) e Mauro Pinheiro (PL). Através de diversas questões de ordem e requerimentos, eles tentaram impedir o andamento da sessão e pediam a interrupção dos trabalhos. Pinheiro chegou a dizer que a sessão era um “circo”.

O cancelamento dos depoimentos foi um dos motivos das discussão. O outro se deveu a faltas constantes dos vereadores Clàudio Janta (SD) e Marcio Bins Ely (PDT) às reuniões da CPI no final do ano passado e no início deste ano.

A Comissão foi instalada em outubro de 2019 e tem o vereador Clàudio Janta (SD) como vice-presidente e o vereador Professor Wambert (PTB) como relator. Wambert entregará seu relatório na quinta-feira, 27, para apreciação dos demais membros da comissão.

Também compõem a CPI os vereadores Adeli Sell (PT), Luciano Marcantônio (PTB), Mauro Pinheiro (PL), Felipe Camozzato (Novo), Márcio Bins Ely (PDT), e Lourdes Sprenger (MDB). Já o vereador João Carlos Nedel (PP) foi substituído por Mônica Leal (PP), Cláudio Conceição (PSL) por Ramiro Rosário (PSDB), e Reginaldo Pujol (DEM) por Mendes Ribeiro (DEM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui