Início Jornalismo Notícias Doenças do coração e diabetes aparecem como principais condições prévias nas mortes...

Doenças do coração e diabetes aparecem como principais condições prévias nas mortes por Covid-19 em Porto Alegre; veja os percentuais

204
0
Leitos de UTI do GHC (Foto: Maria Ana Krack/PMPA/Ilustrativa)

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre analisou as condições prévias de saúde, incluindo comorbidades, apresentadas por pacientes que infelizmente morreram em decorrência da Covid-19. Foram 292 casos analisados. Em 59% deles, pelo menos uma doença cardiovascular, ligada ao coração, estava presente (173 casos). A diabetes, que diz respeito à baixa quantidade de glicose no sangue, vem logo em seguida, com 37% (109 casos).

Na sequência, foram registrados pneumopatias (66), doenças neurológicas (63), imunodepressão (48) e neoplasias (48), doença renal crônica (38), obesidade (22), tagabismo ou ex-tabagismo (17), paciente acamado ou institucionalizado, 15; hipotireoidismo, 13; doença hepática, 11; acidente vascular encefálico, 10; transtornos mentais, 8; doença hematológica, 7; dislipidemia, 7; e demência, 6 casos. Nenhuma condição prévia foi registrada em 18 pacientes, e outras condições foram observadas em 17 casos evoluídos a óbitos após confirmação de Covid19. 

Idade. A equipe também analisou a faixa etária dos pacientes que evoluíram para óbito. A maior parte está entre os 60 e 80 anos (137 casos, 47% do total). Na sequência, a população acima de 80 anos (105 casos, 35%) e, depois, os adultos entre 41 e 59 anos (41 óbitos, 14% do todo). A partir disso, conclui-se que 96% dos óbitos por Covid-19 na Capital, até agora, atingiram a faixa acima dos 41 anos de idade.

Com informações da SMS/POA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui