Início Jornalismo Notícias Governador convoca a população a adotar níveis drásticos de isolamento nos próximos...

Governador convoca a população a adotar níveis drásticos de isolamento nos próximos 15 dias

65
0
Foto: Reprodução YouTube

O governo do Rio Grande do Sul divulgou nesta manhã um vídeo em que o governador Eduardo Leite apela para que, nos próximos 15 dias, sejam redobradas todas as medidas de segurança em função da pandemia, especialmente evitando sair de casa. No vídeo de pouco mais de sete minutos, Leite aparece visivelmente emocionado.

“Estamos entrando no momento que pode ser o mais duro no combate à pandemia no RS em função da chegada do frio e da sobrecarga que provoca no sistema de saúde. Nos próximos 15 dias, fique em casa, lave as mãos, use máscara, respeite os protocolos”, implorou o governador.

Ele ainda destacou que já foram mais de 100 dias de estado de calamidade no RS e que, apesar dos esforços realizados no período – pelo governo, empresa, instituições e indivíduos -, não foi possível evitar a perda de 600 vidas até aqui. “Cada perda é uma derrota coletiva. Por isso, em nome da nossa coletividade e na condição de governador, eu me solidarizo com cada família enlutada neste período.”

Leite ainda citou os empregos perdidos, as empresas fechadas e os projetos destroçados. “Todos nós perdermos algo”, disse. Mencionou os novos leitos de UTI adulto para o SUS, que devem chegar a quase 2 mil até o final de julho, crescimento de 104% ao número antes da pandemia.

Com o Plano de Distanciamento Controlado, o governador destacou que foi possível aplicar as medidas certas, nos locais certos e nos momentos certos, mas que julho chegou com a pior das notícias: “estamos com sinal de alerta ligado em função do ritmo de ocupação dos leitos de UTIs. O modelo de distanciamento só se concretiza a partir do comportamento das pessoas.”

O governador fez um apelo reforçado para as regiões de bandeira vermelha, destacando que “chegou a hora de mais uma dose de esforço”. Ele pede que nos próximos 15 dias se retome níveis de isolamento intenso, como no início de abril. “Não é hora de desistir, pelo contrário. Diante desse momento mais crítico, a nossa melhor e única resposta possível é a persistência.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui