Início Colunas ARTIGO: Como desenvolver resiliência em momentos de crise?

ARTIGO: Como desenvolver resiliência em momentos de crise?

264
0
Foto: Alex Smith/Unsplash/Divulgação

Por Karine Santos e Gabriela Lumi, psicólogas da Flows Psicologia

Estamos passando por uma crise mundial provocada pela Pandemia da Covid-19 e todos estamos sofrendo em algum nível com o novo cenário e as consequências que vêm se apresentando. Tivemos que mudar nossa rotina, são dúvidas e incertezas sobre o cenário pós-pandemia. Algumas pessoas podem recuar quando se deparam com situações complicadas ou desafiadoras. Entretanto, o ser humano é dotado de uma habilidade para “lutar pela sua sobrevivência” que foi herdada de nossos ancestrais. Um elemento crucial para essa “luta pela sobrevivência” em tempos modernos chama-se resiliência, capacidade esta que temos de forma natural em pequenas doses e que podemos desenvolver métodos e estratégias para aprimorar nossa resiliência.

Em tempos de crises, ser resiliente é mais que sobreviver, é conseguir passar pela situação e aprender, se recuperando do ocorrido e retomando aos poucos a sua rotina anterior, deixando para trás o que já não mais importa e aprendendo a crescer, saindo fortalecido da crise.

Então o que precisamos para nos tornarmos mais resilientes?

Para desenvolver mais habilidades de resiliência, precisamos estar atentos aos nossos pensamentos, emoções e comportamentos, e todos nós podemos prestar atenção e administrar melhor nossas ações.

Evitar pensamentos catastróficos e distorcidos: quando enxergamos apenas os piores desfechos possíveis de maneira exacerbada, vendo o evento como muito grave, terrível e irremediável estamos catastrofizando a situação e estes pensamentos podem desencadear várias emoções negativas, sobrecarregando nossa mente e nos paralisando para as ações necessárias e a resolução de problemas.

Cuide da sua autoestima: em momentos de crise, lembre-se de seus pontos fortes e de como você pode utilizar eles para se cuidar. Fortalecer a autoestima é ponto crucial para superar grandes desafios, autoestima ajuda a desenvolver a coragem, lembrando sempre que todos temos algumas imperfeições, entretanto, temos capacidades para administrar as situações difíceis, cada um no seu tempo e com seus recursos disponíveis.

Uma estratégia eficaz para desenvolver nossa resiliência, e que auxilia a administrar nossos pensamentos e emoções, é a flexibilidade psicológica. Pessoas flexíveis aproveitam momentos de crises para fortalecerem-se, podendo ver oportunidades de novos rumos a seguir, conseguem se adaptar com mais facilidade, enfrentando a crise de maneira satisfatória e podendo inclusive prosperar pós-crise. Flexibilidade frente a uma situação desafiadora é não precisar fugir ou lutar, é entender o que está acontecendo, aceitando coisas que não se pode mudar, sempre observando o que está sentindo e escolhendo agir de acordo com o que considera importante, é a capacidade de refletir e estabelecer formas para resolver os problemas que se apresentam.

Estabeleça metas: pessoas resilientes são capazes de observar o cenário da crise de uma maneira realista e então estabelecer metas com soluções viáveis. Seja objetivo, crie etapas e visualize alguns desfechos possíveis e alcançáveis. Utilize a criatividade como recurso para estabelecer suas metas, coloque foco no que deseja realizar e faça seu plano de ação em etapas.

Portanto assuma o controle da situação, aproveite o momento para cuidar de você (física e emocionalmente), seja otimista fortalecendo sua autoestima. Não se cobre demasiadamente, evite catastrofizar. LEMBRE-SE QUE APESAR DA CRISE, A VIDA IRÁ SEGUIR SEU FLUXO E CABE A CADA UM ENCONTRAR MANEIRAS DE SE ADAPTAR AO NOVO CENÁRIO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui