Início Colunas CONHEÇA O AUTISMO: Quando é melhor ficar sozinho

CONHEÇA O AUTISMO: Quando é melhor ficar sozinho

212
0

Por Marco Antônio Moreira, estudante de Jornalismo, aspie

Os aspies e autistas tendem a ser muito incompreendidos quando dizem que preferem ficar isolados em seus quartos ou em outro cômodo de suas casas. Isso porém não significa que somos “antipáticos” e/ou que não gostamos da presença de outras pessoas, mas sim que tem momentos que nos organizamos melhor quando não tem alguém ou algo para nos tirar da tranquilidade.

Essas “viagens” podem dar um pouco de dor de cabeça nos nossos familiares, que nos querem mais sociáveis e interessados no mundo. Mas, existem momentos em que precisamos organizar o nosso cérebro, que já é superexcitado, e solucionar, refletir e idealizar situações da nossa maneira. Afinal, ninguém consegue trabalhar com os barulhos do mundo exterior impedindo a concentração, não é mesmo?

No meu caso específico, consigo organizar melhor a minha mente quando estou deitado em minha cama. Tenho TOC e ansiedade, e quando estou só posso refletir o que me aflige e tentar buscar solucionar estes problemas. É como uma conversa com o meu cérebro, que apesar de silenciosa, entende o apelo de cada parte e busca soluções que façam o melhor pra mim.

É bom ficar sozinho quando você mesmo se entende e tem amigos e família que se preocupam contigo. Mas, se não tem como controlar a sua mente sozinho e não tem com quem se abrir, busque tratamento psicológico ou alguém em quem possa depositar a sua confiança.  E caso você que esteja lendo está se sentindo aflito e não sabe como e com quem se abrir, me chame para que possamos conversar que talvez eu possa orientá-lo!

Meu e-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui