Início Jornalismo Inovação: Porto Alegre poderá ter uma empresa unicórnio?

Inovação: Porto Alegre poderá ter uma empresa unicórnio?

258
0

A história do único unicórnio da Região Sul foi contada no #FintechPOA19, na PUCRS. O Ebanx tem sede em Curitiba (PR) e foi avaliada neste ano em mais de U$ 1 bilhão. O CMO (Chief Marketing Officer), André Boaventura mandou um recado direto para quem que empreender. “As pessoas pensam que inovar é lançar um app, tem que ter propósito”.

Acreditar no propósito

Boaventura disse que acreditar neste propósito é fundamental. Hoje o Ebanx tem clientes como AliExpress, Spotify, AirBNB, PlayStation, Wish e Uber. “Estamos ajudando o mercado a construir soluções na hora de fazer pagamento“, avalia. “Nosso modelo de negócio era a realidade que muitos brasileiros não tinham acesso a cartões de crédito internacionais e queriam fazer compras”.

Outro alerta que faz é que muitos empreendedores vão primeiro atrás de um fundo de investimento antes de buscar faturamento. No primeiro ano de vida, 2012, o Ebanx faturou R$ 600 mil. A previsão de 2019 é que a empresa feche o ano faturando R$ 600 milhões.

Quem funda unicórnios?

O Ebanx foi atrás da história de outros unicórnios. Constatou que, em geral, são fundadas por três empreendedores, que já fundaram outras empresas antes, têm – em média – 34 anos, fundadores permanecem como CEOs até o vendo de liquidez e que nove em cada dez das empresas unicórnios seguem trabalhando na sua visão original. Outro dado é que estas empresas atingem o valor de U$ 1 bilhão em sete anos.

Dá para fazer aqui em Porto Alegre?

A resposta de Boaventura é rápida: sim. “As pessoas nos diziam para irmos para o Rio de Janeiro, São Paulo ou para o Vale do Silício”, lembra ao destacar as semelhanças  entre a capital paranaense com a gaúcha. “Trouxemos muitos cliente trabalhando com Skype, você não estar fisicamente na China ou no Vale”, alerta.

Qual será a primeira unicórnio gaúcha?

Esta resposta está sendo construída pelos nossos empreendedores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui