Início Jornalismo Consórcio vencedor da PPP da Iluminação vai à justiça contra desabilitação

Consórcio vencedor da PPP da Iluminação vai à justiça contra desabilitação

2342
0

O consórcio vencedor do edital de parceria público privada da iluminação pública vai à justiça para garantir o direito de assinar o contrato com a Prefeitura de Porto Alegre. Conforme o blog registrou, o executivo decidiu hoje chamar a segunda colocada, após ter desabilitado o I.P. Sul. Confira abaixo a integra da nota enviada ao blog

Nota para imprensa – Consórcio I.P. Sul


O Consórcio I.P. Sul, composto pelas empresas Quantum Engenharia, GCE SA, Fortnort Desenvolvimento Ambiental e Urbano, STE Serviços Técnicos de Engenharia, vencedor da licitação para a prestação de serviço de iluminação pública de Porto Alegre, vê com surpresa a decisão da Comissão de Licitação da Prefeitura de desabilitar o consórcio. A mesma comissão já havia homologado os vencedores do certame após a análise da documentação apresentada e que estava prevista no edital.  

Assim, o consórcio vencedor irá recorrer ao Poder Judiciário por entender que a população de Porto Alegre, por uma incoerência nos critérios adotados pela Comissão de Licitação do Poder Executivo Municipal, não deve ser submetida a um prejuízo de, no mínimo, R$ 12 milhões (doze milhões de reais – valor adicional apresentado pelo consórcio segundo colocado na disputa).  

Entre os que apresentaram proposta para a prestação do serviço, o I.P. Sul é o único consórcio que conta com uma empresa reconhecida e consolidada no mercado gaúcho, e que, com os demais parceiros, está disposta a assumir o ônus advindo do pioneirismo de assinar o primeiro contrato de Parceria Público-privada no Rio Grande do Sul.

Por ter a convicção de que está habilitado e por ter apresentado toda a documentação necessária, é que o consórcio vai recorrer da decisão e de que não irá deixar que a população de Porto Alegre arque com uma decisão equivocada da Comissão de Licitação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui