Início Colunas #POA+RS: Olhos da segurança

#POA+RS: Olhos da segurança

173
0

A partir de setembro, um grupo de 30 policiais gaúchos contará com um equipamento que lhes dará mais segurança nas ações. Serão 60 dias de teste com um “body cam”, uma espécie de terceiro olho, que ficará na altura do peito do profissional e gravará seus movimentos. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Segurança, Ranolfo Vieira Júnior, durante o “90 Minutos”, na Rádio Bandeirantes 94,9 FM. Ele falava sobre a morte do policial Edler Gomes dos Santos, vítima de bandido numa operação em Montenegro, no Vale do Caí. Edler havia avistado seu algoz, mas hesitou e o bandido disparou primeiro. O “body cam” pode dar mais segurança aos agentes de que estão agindo em defesa da lei.

Convergências
O uso de “body cam” e GPS foi cobrado pelo doutor em Sociologia e consultor em Segurança Marcos Rolim. “Nós faremos as doações necessárias”, completou o presidente do Instituto Cultural Floresta, Leonardo Fração. Duas posições que, antes do programa pareciam antagônicas, convergiram. Sigo cada vez mais convicto de que o que falta para nossa sociedade é o ambiente certo de diálogo entre pessoas de boa vontade.

Rifado
O presidente municipal do MDB, Antenor Ferrari, rifou o vereador Valter Nagelstein, que gostaria de disputar a prefeitura. “Desejamos que seja feliz no partido que o escolher como candidato”, disse no “90 Minutos”, que ouvia os presidentes dos oito partidos melhores colocados nas eleições legislativas de Porto Alegre em 2016. Ferrari reclama que o correligionário negocia seu passe com outras siglas.

PSD
Nagelstein é um dos vereadores que deve mudar de sigla na janela que será aberta em março. O destino deve ser o PSD. A movimentação na Câmara Municipal será intensa.

Até a volta
O colunista inicia hoje um período de três semanas de férias. A #POA+RS volta a circular em 27 de agosto. Até lá, estarei procurando pinguins pela Patagônia argentina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui