Pular para o conteúdo principal

Desmistificando o texto "Seu filho é um hacker de computadores?"

No início da década passada, um texto polêmico se espalhou por sites de tecnologia voltados ao sistema Linux e por correntes de e-mail, se tornando um verdadeiro clássico da época. Nele, um pai de uma típica família americana descobre que seu filho havia se tornado um hacker e escreve um guia com 8 dicas para que outros pais descubram se seus filhos também estão nesse caminho.



O que chama a atenção no texto "Seu filho é um hacker de computadores" é a descrição exagerada e surreal de algumas supostas características, que chegam a beirar ao ridículo. Como exemplos, podemos citar:




2. Você está encontrando programas no computador que não lembra ter instalado?


Seu filho irá provavelmente tentar instalar alguns softwares hacker. Ele pode tentar esconder a sua presença de alguma forma, mas você pode geralmente encontrá-los pela leitura dos programas listados na paleta "Instalar/Remover programas" no seu painel de controle. Softwares hackers populares incluem "Comet Cursor", "Bonzi Buddy" e "Flash".
A melhor opção é confrontar seu filho com a prova, e forçá-lo a remover os programas ofensivos. Ele provavelmente tentará instala-los de novo, mas você estará apto a saber, se sua máquina se oferecer para fazer "download" de uma destas aplicações hacker. Se isso acontecer, é hora de ter uma conversa dura com seu filho, e possivelmente considerar puni-lo com um castigo.

...


8. Seu filho está obsessivo com "Lunix"? (Nota do Tradutor: o cara escreve "Lunix", mesmo, não "Linux".)


BSD, Lunix, Debian e Mandrake são todos versões de um sistema operacional hacker ilegal, inventado por um hacker de computador soviético chamado Linyos Torovoltos, antes dos russos perderem a guerra fria. Ele é baseado em um programa chamado ¿xenix¿, o qual foi escrito pela Microsoft para o Governo dos Estados Unidos. Estes programas são usados pelos hackers para entrar no sistema do computador de outras pessoas e roubar números de cartão de crédito. Eles também podem ser usados para entrar no aparelho de som de outras pessoas e roubar músicas, usando o programa "MP3". Torovoltos é um hacker notório, responsável por escrever muitos programas hacker, como "Telnet", o qual é usado pelos hackers para se conectar em máquinas como Internet sem usar o telefone.

Seu filho pode tentar instalar "Lunix" no seu disco rígido. Se ele for cuidadoso, você pode não notar sua presença, entretanto, lunix é uma besta traiçoeira, e se manuseado incorretamente, seu filho pode danificar seu computador, e mesmo quebra-lo completamente eliminando o Windows, quando você terá de ter o computador reparado por um profissional.

Se você ver a palavra "LILO" durante a inicialização do Windows (após você ligar a máquina), o seu filho instalou lunix. Para se livrar disso, você terá de enviar seu computador de volta para o fabricante, que instalará um novo disco rígido. Lunix é um software extremamente perigoso, e não pode ser removido sem destruir parte da superfície do seu disco rígido.

Com isso, muitas pessoas começaram a se perguntar se o texto era real - e retratava uma mentalidade atrasada e autoritária - ou se tratava-se de uma sátira. Mais de 10 anos depois, venho com a resposta.


O texto que surgiu na internet brasileira é creditado a T Reginald Gibbons. Procurando por esse nome no Google, encontramos informações sobre um poeta chamado Reginald Gibbons e sobre um usuário de um site chamado Adequacy.org.


Além disso, na página de buscas há uma referência a uma matéria do The Register, de Janeiro de 2.002, mencionando a publicação deste texto pelo site Adequacy em Dezembro do ano anterior. Com isso, concluímos que o Reginald que procuramos é, de fato, o usuário daquele site.


O texto original foi publicado aqui em 2 de Dezembro de 2001. Gibbons também publicou outros dois textos no site: Meus filhos não vão fazer a faculdade e Máquinas mortais da América, ambos em 21 de Janeiro de 2.002, além de várias notas chamadas de "diários", que terminam em 10 de Setembro de 2.002. Os comentários no texto original, que somam quase 6 mil, vão de 2 de Dezembro de 2.001 até 10 de Setembro de 2.002.


Com isso, já sabemos de onde o texto veio. Mas será que ele é real? Uma busca por adequacy.org nos leva a um artigo na Wikipédia anglófona que diz:




Adequacy.org was a satirical web site. It featured articles on politics, religion, technology, history, and sociology, as well as the "Linux Zealot" cartoon series. The site shut down on September 11, 2002, but has since made its archives available.



Mais ainda, podemos explicar a natureza do texto com o parágrafo seguinte:




The Adequacy authors began as trolls on Slashdot and Kuro5hin, other technology-oriented discussion sites. They devised and posted many comments designed to provoke outraged responses; common styles included slighting a revered operating system or open source leader, or posting messages with simple but deliberate technical errors, which would incite hundreds of corrections.



Portanto, podemos concluir que o texto não era sério, visto que o site possuía um caráter satírico e seus autores eram trolls que postavam textos com incorreções tecnológicas para gerar respostas ofensivas.

Comentários

  1. Cara, já que você se preocupa em desmistificar essas coisas, aproveita e faz o mesmo com o site http://harmful.cat-v.org que é sátira pura. Muita gente usa este site como referência na Internet. Inclusive, para espalhar que Bjarne Stroustrup, criador da linguagem de programação C++ justificou que C++ foi um acidente, e que recomenda não usa-lo...entre muitas outras barbaridades envolvendo o mundo da computação.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como acessar configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

NOVO TUTORIAL: GUIA DEFINITIVO DAS CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO SAGEMCOM F@ST 2704N!
Atualização 23/01/2015: Alguns problemas apontados e descobertos nesse modem:
1. Alguns usuários relatam dificuldade em salvar alterações na configuração ADSL;
2. Não sei como acessar os logs do modem; mesmo habilitando, eles não aparecem;
3. Se você trocar o DNS do modem, ele voltará ao da Oi ao ser reiniciado;
4. Estou enfrentando alguns problemas sérios de lentidão. Não sei se isso é relacionado ao modem ou a algum dispositivo na minha rede interna.
-----
Os modens da marca Sagemcom estão se tornando muito populares no Brasil, não, quiçá, por sua qualidade, mas porque eles são os atuais queridinhos das operadoras: quando você assina um plano ADSL, geralmente a operadora envia um modem wireless para sua casa a fim de que você possa navegar sem precisar ter gastos extras com esse equipamento. É claro que os equipamentos fornecidos pelas operadoras são básicos, mas saciam as necessidades dos usuários comuns - …

O Guia Definitivo das configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

Há alguns meses, eu contei minha experiência com o Sagemcom F@st 2704N e tenho recebido diversos comentários sobre suas configurações avançadas. Agora que minhas aulas na faculdade estão acabando, resolvi reservar um tempinho para explorar melhor esse modem que, diga-se de passagem, é muito bom.