Pular para o conteúdo principal

A nova lei sobre o Uber era tudo que seus usuários queriam!

Ontem, a Câmara aprovou um projeto de lei, que segue para o Senado, sobre a regulamentação de aplicativos de carona, como o Uber. Mal o projeto foi aprovado, porém, e começaram a surgir reclamações de que o mesmo iria, na prática, inviabilizar o aplicativo. No entanto, esse projeto era tudo que os próprios usuários queriam.



Uma das polêmicas sobre o Uber, não apenas no Brasil, era de que o mesmo não era regulamentado. Esse ponto, inclusive, foi citado por Richard Stallman como um dos motivos pelos quais usuários de software livre deveriam evitar utilizar esse aplicativo. Mais do que isso, na internet é comum encontrarmos, na área de comentários de vários sites, pessoas supostamente de espectro político liberal que pregam uma igualdade extrema de condições, em que todos devem concorrer "na igualdade" e serem recompensados e reconhecidos por seus feitos - a chamada meritocracia.


O novo projeto da Câmara vai ao encontro dessas opiniões. Nós estamos em um Estado democrático de direito e, portanto, as leis devem ser obedecias por e são iguais para todos. Assim, se serviços mais convencionais, como os táxis, precisam de uma autorização ou de uma concessão por parte do município, para que se preserve a suposta igualdade que é muito aclamada na internet, o Uber - e outros serviços - também deveriam precisar obter essas mesmas autorizações.


Tirando o fato de que, na PlayStore, o filme do Uber está bastante queimado, os licenciamentos exigidos pelo projeto de lei assegurarão que os motoristas particulares concorrerão com os taxistas na famosa igualdade, tendo exatamente as mesmas obrigações. Ora, se os "liberais" de internet forem contra esse projeto, estará provado de que eles não são, de fato, liberais, mas apenas querem levar vantagem sobre outra categoria, algo comum a todo o brasileiro.


Como diriam os liberais, agora os motoristas do Uber terão de se adaptar.

Comentários

  1. Ótimo artigo..Parabéns pelo bom conteúdo quem vem sido trabalho

    ResponderExcluir
  2. "Era exatamente o que os usuarios queriam."

    Por favor, cite qual pesquisa de opiniao, devidamente reconhecida, foi feita sobre aplicativos de transporte privado que chegou a esse resultado. Ja que nao consta no seu texto informacao que embasa essa "estatistica".

    ResponderExcluir
  3. Concordo que os taxistas e o uber devem concorrer em condicoes iguais. Porem, piorar as condicoes do uber em vez de melhorar a dos taxistas nao adianta. Um erro nao justifica outro.

    O certo seria desregulamentar os taxistas, para que eles possam, assim como o uber, ter menos burocracia e mais flexibilizacao no transporte de pessoas.

    Alem de que, o projeto enquadra o uber e semelhantes como transporte publico. Qual a logica disso?

    ResponderExcluir
  4. Recomendo fortemente a leitura do livro "Cooperativismo de Plataforma - Os perigos da Uberização", que está disponível gratuitamente pela própria editora - http://rosaluxspba.org/wp-content/uploads/2017/03/cooperativismo-de-plataforma_web_simples.pdf . O Uber venda essa ideia de ser um bom serviço. Mas é exploração pura, e das piores..em todos os sentidos...e não é exceção. Nunca imaginei que a Amazon, por exemplo, fosse o que o livro retrata....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como acessar configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

NOVO TUTORIAL: GUIA DEFINITIVO DAS CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO SAGEMCOM F@ST 2704N!
Atualização 23/01/2015: Alguns problemas apontados e descobertos nesse modem:
1. Alguns usuários relatam dificuldade em salvar alterações na configuração ADSL;
2. Não sei como acessar os logs do modem; mesmo habilitando, eles não aparecem;
3. Se você trocar o DNS do modem, ele voltará ao da Oi ao ser reiniciado;
4. Estou enfrentando alguns problemas sérios de lentidão. Não sei se isso é relacionado ao modem ou a algum dispositivo na minha rede interna.
-----
Os modens da marca Sagemcom estão se tornando muito populares no Brasil, não, quiçá, por sua qualidade, mas porque eles são os atuais queridinhos das operadoras: quando você assina um plano ADSL, geralmente a operadora envia um modem wireless para sua casa a fim de que você possa navegar sem precisar ter gastos extras com esse equipamento. É claro que os equipamentos fornecidos pelas operadoras são básicos, mas saciam as necessidades dos usuários comuns - …

O Guia Definitivo das configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

Há alguns meses, eu contei minha experiência com o Sagemcom F@st 2704N e tenho recebido diversos comentários sobre suas configurações avançadas. Agora que minhas aulas na faculdade estão acabando, resolvi reservar um tempinho para explorar melhor esse modem que, diga-se de passagem, é muito bom.