Pular para o conteúdo principal

A Matemática não é uma linguagem tão universal assim...

A maioria dos matemáticos e professores de Matemática vão dizer que esta é uma linguagem universal. No entanto, essa afirmação não está totalmente correta, pois existem várias diferenças em pontos fundamentais dependendo do país ou da cultura que estamos tratando.



A ideia deste post veio ao me lembrar de uma de minhas professoras de faculdade que foi convidada a fazer parte do seu curso de doutorado nos Estados Unidos (infelizmente, não lembro qual Universidade de lá...) e ela disse que passou verdadeiros sufocos na correção de suas provas devido a diferenças culturais.


No caso dela, era algo bem mais banal do que o fato de nós, brasileiros, utilizarmos a vírgula como separador decimal e o ponto como separador de milhar e, lá, ser invertido. Não: em uma das respostas, ela disse que escreveu o algarismo 1 como a maioria de nós - um traço vertical com um traço horizontal em baixo e um "biquinho" em cima e o professor dela simplesmente colocou um gigantesco ponto de interrogação na resposta, pois não havia entendido o que ela havia escrito: para os americanos, o 1 é apenas um traço vertical, nada mais. Algo similar ocorre com o número 7 que, lá, não possui o famoso traço que o corta ao meio.


Mas esta é apenas uma das diferenças. Um brasileiro que tivesse que ir para lá e fazer uma simples operação de divisão estaria em sérios apuros. Por exemplo: seja dividir 40 por 15. Acredito que a maioria dos leitores deste blog faria algo similar ao que está esboçado aí em baixo:


Dividindo 40 por 15.


Mas o pessoal dos Estados Unidos utiliza uma organização totalmente diferente, conforme pode ser visto neste site:


40 dividido por 15. Fonte: http://mathandmultimedia.com/wp-content/uploads/2014/07/euclidean-algorithm.png


Pata nós, demora um pouco entender onde está cada elemento da operação e em que ordem eles devem ser escritos. Nós podemos achar loucura, mas eles aprenderam a fazer assim e, se formos para lá, precisaremos nos adaptar.


Estes foram apenas alguns exemplos. Na História, o símbolo de derivada mudou algumas vezes até parar no que é hoje (e note que ainda temos a notação linha e a notação de Leibniz...). Não encontrei (ainda) muitas referências, mas será que o símbolo da operação de adição é uma cruz nos países de maioria islâmica? Caberia pesquisar...


Assim, a Matemática pode até ser uma linguagem universal, mas possui vários dialetos e está em permanente mudança.

Comentários

  1. André, veja o filme Psicose. A refilmagem. Tem uma cena que a personagem escreve um "7" cortado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como acessar configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

NOVO TUTORIAL: GUIA DEFINITIVO DAS CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO SAGEMCOM F@ST 2704N!
Atualização 23/01/2015: Alguns problemas apontados e descobertos nesse modem:
1. Alguns usuários relatam dificuldade em salvar alterações na configuração ADSL;
2. Não sei como acessar os logs do modem; mesmo habilitando, eles não aparecem;
3. Se você trocar o DNS do modem, ele voltará ao da Oi ao ser reiniciado;
4. Estou enfrentando alguns problemas sérios de lentidão. Não sei se isso é relacionado ao modem ou a algum dispositivo na minha rede interna.
-----
Os modens da marca Sagemcom estão se tornando muito populares no Brasil, não, quiçá, por sua qualidade, mas porque eles são os atuais queridinhos das operadoras: quando você assina um plano ADSL, geralmente a operadora envia um modem wireless para sua casa a fim de que você possa navegar sem precisar ter gastos extras com esse equipamento. É claro que os equipamentos fornecidos pelas operadoras são básicos, mas saciam as necessidades dos usuários comuns - …

O Guia Definitivo das configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

Há alguns meses, eu contei minha experiência com o Sagemcom F@st 2704N e tenho recebido diversos comentários sobre suas configurações avançadas. Agora que minhas aulas na faculdade estão acabando, resolvi reservar um tempinho para explorar melhor esse modem que, diga-se de passagem, é muito bom.