Pular para o conteúdo principal

A verdade sobre o Xtra-PC, pen drive que promete transformar seu PC antigo em novo

Recentemente, ao navegar na internet, me deparei com um anúncio meio "estranho" e, ao pesquisar, vi que o mesmo está se tornando extremamente popular em sites de tecnologia do Brasil. Trata-se do Xtra-PC, um pen-drive milagroso que promete devolver velocidade e performance para computadores antigos. Mas será que ele funciona?



De acordo com o texto do anúncio, escrito de forma totalmente comercial e sensacionalista,




O Xtra-PC é um pequeno pen drive que você conecta na porta USB do seu computador antigo para transforma-lo instantaneamente em um novo computador. Ele funciona em qualquer computador (Mac ou Windows) laptop, desktop e netbook. É de longe a solução mais rápida e mais fácil para se ter um novo computador sem precisar comprar um novo computador.



O pen-drive foi notícia em sites de tecnologia, como o Tech Tudo. Mas o que existe de verdadeiro nesse dispositivo revolucionário? Será que ele cumpre realmente tudo isso que promete?


Bastou assistir ao vídeo disponível na página de anúncio do produto para descobrir do que se trata a tecnologia. Na verdade, o Xtra-PC nada mais é do que uma distribuição de Linux que roda diretamente do pen drive. Ou seja, ao utilizar o Xtra-PC, você na verdade estará utilizando uma distribuição de Linux, com um ambiente gráfico leve, ao invés do sistema operacional do seu computador (provavelmente, alguma versão do Windows).


Notebook com Xtra-PC. Fonte: http://www.freelancewritinggigs.com/wp-content/uploads/2015/11/xtra-pcinuse.jpg

E é aí que está o pulo do gato. Como o Linux é um sistema aberto e gratuito, qualquer um pode fazer o seu Xtra-PC em casa, sem necessidade de pagar os US$ 24,99 dólares, mais taxas de importação (ele não é um produto nacional!) e ficar esperando meses pela entrega do produto. Qualquer pessoa pode comprar um pen-drive e, nele, gravar a distribuição de Linx de sua preferência, como o Lubuntu, versão leve baseada no Ubuntu, sistema muito popular da Canonical. Além disso, por mais leve que o sistema seja, nem em sonho uma distribuição dessas poderá "transformar" um PC antigo em um novo, deixando-o com a mesma performance de um computador recém-comprado.


Apesar de a empresa por trás do Xtra-PC cumprir com os requerimentos da licença GPL e disponibilizar o código-fonte do produto, ainda há algumas considerações que você precisa ter em mente se deseja utilizar algo como ele. Primeiro, por rodar em um pen-drive, é recomendável que o mesmo seja conectado a uma porta USB 3.0; se você conectá-lo a uma porta USB 2.0, a velocidade do mesmo ficará limitada a 480 Mbits/s, o que poderá causar gargalo na operação do sistema - é importante salientar que poucos micros antigos possuem portas USB 3.0, visto que essa tecnologia é relativamente recente.


Segundo, a página de requerimentos do sistema não cita se o produto possui suporte a UEFI. Isso significa que o usuário poderá ter alguma dificuldade para fazer o dispositivo funcionar em computadores mais recentes.


Terceiro: por ser um produto importado, não sabemos se o mesmo possui versão em Português.


E, por último, tenha em mente que o Xtra-PC é Linux, ou seja, seus programas não são compatíveis com Windows. Em outras palavras, você provavelmente não conseguirá instalar aquele jogo que gosta no Xtra-PC. Mesmo assim, existem vários programas substitutos aos populares para Windows no universo do pinguim.



Conclusão


O Xtra-PC nada mais é do que uma distribuição de Linux vendida em pen-drive. Não há necessidade de comprá-la, visto que qualquer um pode fazer o seu próprio pen drive com linux em casa, sem custos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como acessar configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

NOVO TUTORIAL: GUIA DEFINITIVO DAS CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO SAGEMCOM F@ST 2704N!
Atualização 23/01/2015: Alguns problemas apontados e descobertos nesse modem:
1. Alguns usuários relatam dificuldade em salvar alterações na configuração ADSL;
2. Não sei como acessar os logs do modem; mesmo habilitando, eles não aparecem;
3. Se você trocar o DNS do modem, ele voltará ao da Oi ao ser reiniciado;
4. Estou enfrentando alguns problemas sérios de lentidão. Não sei se isso é relacionado ao modem ou a algum dispositivo na minha rede interna.
-----
Os modens da marca Sagemcom estão se tornando muito populares no Brasil, não, quiçá, por sua qualidade, mas porque eles são os atuais queridinhos das operadoras: quando você assina um plano ADSL, geralmente a operadora envia um modem wireless para sua casa a fim de que você possa navegar sem precisar ter gastos extras com esse equipamento. É claro que os equipamentos fornecidos pelas operadoras são básicos, mas saciam as necessidades dos usuários comuns - …

O Guia Definitivo das configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

Há alguns meses, eu contei minha experiência com o Sagemcom F@st 2704N e tenho recebido diversos comentários sobre suas configurações avançadas. Agora que minhas aulas na faculdade estão acabando, resolvi reservar um tempinho para explorar melhor esse modem que, diga-se de passagem, é muito bom.