Pular para o conteúdo principal

12/12/12 e as besteiras da Numerologia

Hoje foi um dia especial: o dia 12 de Dezembro de 2012 foi o último dia - por um bom tempo - a ter uma coincidência numérica em seu dia, mês e ano. Muitos do que estão lendo esse post nesse dia provavelmente não estarão vivos para presenciar a próxima data "especial" desse tipo, que ocorrerá em 1º de Janeiro de 2.101. Como professor de Matemática, porém, é meu dever educar os alunos e os leitores deste blog sobre as besteiras que lhes são ensinadas todos os dias por 'profissionais" de índole duvidosa e pelos meios de alienação coletiva, como a televisão e a Internet.



Primeiro, notemos que a famosa coincidência 12/12/12 simplesmente não existe, pois não estamos no ano 12 mas, sim, no ano 2012. A data correta, se escrita por extenso em sua forma numérica, seria 12/12/2012, o que traria um pouco a mágica do dia.


E é falando em mágica que tenho o dever de alertar os leitores sobre uma famosa pseudociência que ainda conquista muitos adeptos em boa parte do globo: a Numerologia. Como disse Carl Sagan em seu derradeiro livro "O Mundo Assombrado pelos Demônios", cada área da Ciência possui sua contraparte rival pseudocientífica: os geólogos possuem os adeptos da teoria da Terra Oca; os historiadores tem de enfrentar os adeptos de teorias de alienígenas do passado e nós, Matemáticos, somos obrigados a conviver com aqueles que se dizem Numerólogos.


A Matemática é uma das mais belas ciências e conquistas do ser humano. Ela vai muito além da decoreba de fórmulas e de teoremas que são enfiados pelos professores mal-formados goela abaixo dos alunos sedentos por uma aprovação. Bem verdade que a maioria dos estudantes simplesmente decora regras e teoremas, sendo incapazes de compreender o real significado e as aplicações práticas daquilo que aprendem em sala de aula. Não surpreendentemente, porém, as mesmas pessoas que dizem odiar Matemática correm para colocar um número extra em suas casas para melhorar de vida por dica de um "profissional" chamado Numerólogo. Não é para menos, pois vários famosos, como a cantora Madonna, são adeptos da prática e acabam, ainda que de forma não voluntária, influenciando seu público.


As origens da Matemática estão bem definidas. O número, segundo a Wikipedia, é "um objeto da matemática utilizado para descrever quantidade, ordem ou medida". A partir dessa noção primordial, surgiram todas as outras. Na Grécia Antiga, Euclides introduziu o conceito de Geometria Dedutiva, onde essa brilhante parte da Matemática deixou de ser apenas um ramo decorativo para ser sustentado por vários teoremas e axiomas, frutos da dedução e da lógica da mente humana. A partir do formalismo introduzido por Euclides, houve um enorme desenvolvimento da Matemática formal, quando buscamos sustentar os conceitos e definições com base em outros conceitos e definições previamente aceitos como verdadeiros.


Agora, quais seriam as origens da Numerologia? Segundo este site especializado, "a verdadeira origem da Numerologia está perdida na história". Ora, assim, fica fácil demais! Quer dizer que os numerólogos praticam uma "ciência milenar" a qual ninguém sabe quem criou, de onde veio ou, até mesmo, se está correta? Dizer que a origem de algo é desconhecida ou que se perdeu na história pode ser útil para atrair as pessoas alienadas pela mídia, pois dá um ar de mistério e inspira confiança no interlocutor, mas do ponto de vista científico apenas serve para fazer o pretenso campo perder todos os seus créditos.


Tabela com valores numéricosOs sites especializados em Numerologia frequentemente colocam frases de impacto para emocionar o leitor e lhe fazer acreditar no que está lendo. Esta página, por exemplo, diz que "a vibração do número da residência revela a essência do doce lar e influencia sobre a personalidade dos moradores do local". Volte dois parágrafos e releia o que é um número de acordo com a Wikipedia. Agora me responda: como um número, que é uma abstração da mente humana, pode "vibrar"? Ele não é uma força física, mecânica ou eletromagnética, logo, não vibra. Números são apenas convenções.


E de convenções a Numerologia está cheia. Na mesma página citada no parágrafo anterior, é dito que a numerologia apenas utiliza somatórias que resultem e números de 1 a 9. Isso nada mais é do que uma convenção de quem criou, assim como eu posso convencionar um quadrado de lado arbitrário como sendo minha unidade de área. As letras também teriam um valor numérico, o qual é exibido na tabela acima, mas você deve entender que esses valores são apenas uma convenção de quem criou a tabela. Por que A vale 1? Por que eu não posso lhe atribuir o valor 5? Por que apenas se utilizam letras do alfabeto latino? E se a pessoa interessada utilizar o alfabeto hebreu, árabe ou japonês?


Qual é a base que os numerólogos utilizam para afirmar que, ao adicionar um número ou uma letra ao lado do número da minha casa, a minha vida vai melhorar? Quais são os artigos científicos que eles utilizaram para chegar a essa conclusão? Quais são os artigos que dizem que esse número ou essa letra devem ficar do lado direito do número original e deve ser da cor dourada?Por que ele não seria eficiente se colocado em outra posição ou de outra cor, já que a soma final seria a mesma?


Assim, com poucas perguntas e um pouco de lógica, vemos que a famosa Numerologia simplesmente não se sustenta; trata-se de uma pseudociência que em nada contribuirá para a melhora de sua qualidade de vida.


Ao invés, então, de perdermos tempo com essas baboseiras, estudemos a Matemática, com seus teoremas, axiomas e demonstrações. Essa, pelo menos, tem aplicações práticas no dia-a-dia.

Comentários

  1. Realmente não dá para entender como é que há gente que se deixa levar por este tipo de fraudes...

    ResponderExcluir
  2. […] 9h 44min até aproximadamente meio-dia. Ao contrário das besteiras pseudocientíficas ditas pela astrologia, o evento não possui significado especial algum, mas chama a atenção por não ser algo que se […]

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como acessar configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

NOVO TUTORIAL: GUIA DEFINITIVO DAS CONFIGURAÇÕES AVANÇADAS DO SAGEMCOM F@ST 2704N!
Atualização 23/01/2015: Alguns problemas apontados e descobertos nesse modem:
1. Alguns usuários relatam dificuldade em salvar alterações na configuração ADSL;
2. Não sei como acessar os logs do modem; mesmo habilitando, eles não aparecem;
3. Se você trocar o DNS do modem, ele voltará ao da Oi ao ser reiniciado;
4. Estou enfrentando alguns problemas sérios de lentidão. Não sei se isso é relacionado ao modem ou a algum dispositivo na minha rede interna.
-----
Os modens da marca Sagemcom estão se tornando muito populares no Brasil, não, quiçá, por sua qualidade, mas porque eles são os atuais queridinhos das operadoras: quando você assina um plano ADSL, geralmente a operadora envia um modem wireless para sua casa a fim de que você possa navegar sem precisar ter gastos extras com esse equipamento. É claro que os equipamentos fornecidos pelas operadoras são básicos, mas saciam as necessidades dos usuários comuns - …

O Guia Definitivo das configurações avançadas no Sagemcom F@st 2704N

Há alguns meses, eu contei minha experiência com o Sagemcom F@st 2704N e tenho recebido diversos comentários sobre suas configurações avançadas. Agora que minhas aulas na faculdade estão acabando, resolvi reservar um tempinho para explorar melhor esse modem que, diga-se de passagem, é muito bom.